sexta-feira, 15 de março de 2013

Um amor maior que a vida

(tentei escrever tantas coisas, mas estou com um nó no peito...)

A vida tem caminhos estranhos... Muitas vezes nos assusta...

Era uma vez um pequeno guerreiro, chamado Theo, que chegou de repente e fez a vida de sua mãe se encher de alegria. Ele, terceiro filho, mascote, foi crescendo, crescendo e todas as blogueiras foram acompanhando seu desenvolvimento. Viramos tias do Theo, conselheiras da Ly - a mamãe - e babonas de todas as formas.
Theo resolveu nascer também rapidinho. Avisou que estava querendo sair pela manhã e de tarde, já estava do lado de fora, olhando tudo e encantando todos.

Num momento, seus pulmões não curtiram muito esse ar de fora, sabe? Mas ele foi se cuidar com as titias do hospital e depois foi pra casa. 

Vida de mãe, Ly ficou sem dormir, amamentou, amou cada gesto, naquele jeito de mãe que sabemos como é. Um alegria enlouquecedora! 

A cada foto a gente ria, amava, usava os mais diferentes adjetivos - sempre de "fofo é lindo" até "maravilhoso"! E assim foi até a vida dizer: "Olha! Ele é especial demais pra ficar aí. Precisamos do anjo de volta". 
Assim, depois de uma batalha enorme, de um canal de energia positiva que mobilizou todas as titias, mãe, pai, avós, Theo foi descansar... Foi brilhar no céu, como uma estrela de tal intensidade que, tenho certeza, vai iluminar o coração de sua mãe e de seu pai e lhes dar conforto.
O meu tá apertado... mas sei que ele também está olhando por mim, agora... Por todos nós.




9 comentários:

  1. Que coisa mais linda Re, muito obrigada pelo carinho imenso!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Homenagem á força! Seja ela de que maneira for!

    ResponderExcluir
  3. Me emocionei...lindas e verdadeiras suas palavras ;)

    ResponderExcluir
  4. Lindo demais.
    Theo foi mesmo um guerreiro.
    Um lindo.
    Sempre desejando força pra família.
    bjs

    ResponderExcluir